A Ergonomia em favor do profissional


Postado em 11/05/2018



A organização do trabalho moderno, baseada no controle do tempo, pressão por metas e protocolos rígidos impõe uma carga alta de atividades para o trabalhador brasileiro. Este, acumulado com tarefas, por vezes enfrenta uma rotina cansativa e repetitiva. Dessa forma, o desenvolvimento de doenças ou lesões causadas pelo esforço repetitivo podem surgir, incapacitando o trabalhador de exercer as suas funções. Neste contexto, a preocupação com a Ergonomia torna-se uma aliada importante na hora de prevenir possíveis traumas ou reabilitar pacientes lesionados. 
 
De acordo com dados mais recentes sobre a saúde do trabalhador brasileiro do Anuário do Sistema Público de Emprego e Renda (Dieese), os afastamentos por problemas de saúde ligados diretamente ao tipo ou à qualidade do ambiente de trabalho cresceram 25% em 10 anos no Brasil. Eles chegaram a 181,6 mil casos em 2015. Ou seja, o esforço excessivo e o pouco tempo de recuperação durante o trabalho torna o funcionário mais exposto às doenças por esforço repetitivo, como LER (Lesão por Esforço Repetitivo) e DORT (Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho). A Ergonomia atua justamente na prevenção destes casos, pois trabalha com medidas educacionais para corrigir a postura e ajudar na boa funcionalidade do sistema musculoesquelético. 
 
Além disso, a área também possui efeitos positivos na prevenção de lesões durante o trabalho. As lesões musculoesqueléticas atingem lombar, cervical, ombros, membros superiores e inferiores. Entre as causas destas lesões, podemos citar a movimentação de cargas, movimentos repetitivos, posturas incorretas, trabalho em ritmo acelerado e ambientes com má iluminação. O agravamento desses casos pode levar a dores intensas, impedindo o profissional de exercer as suas funções normalmente. 
 
Como complemento, vê-se dentro da Fisioterapia Traumato-Ortopédica o treino sensório-motor como uma boa alternativa para prevenir e tratar as lesões musculoesqueléticas. Essas, que podem surgir no trabalho, ocasionam problemas maiores. 
 
O objetivo é a melhora da postura do paciente e dos mecanismos de reflexo dos músculos, que cruzam as articulações. O treinamento, além de trazer benefícios para trabalhadores em geral, é bastante utilizado em atletas de diversos esportes. 
 
 
 

0800 378 2246



Copyright © Pós Graduação Estácio 2018