A importância da nutrição para a terceira idade


Postado:


Os fatores responsáveis pelo o envelhecimento, além da própria idade, são diversos e entre eles está a alimentação. A nutrição adequada pode reduzir o surgimento de doenças que afetam os idosos, entre elas as doenças cardíacas, a diabetes tipo 2 e câncer. Na saúde mental o mesmo também acontece, afinal, a ausência de determinados nutrientes é um das causas para o surgimento da depressão. 
 
Na terceira idade (pessoas acima de 65 anos), é comum acreditar que os incômodos e complicações físicas ou mentais, pelo fato de aumentarem, são impossíveis de serem solucionadas. Entretanto, alguns deles podem ser amenizados com a alimentação, e até mesmo ser uma das aliadas na resolução. A hipertensão arterial é um exemplo. 
 
Uma alimentação mais adequada para o idoso
 
Alimentos ricos em fibras são ótimos aliados na prevenção de constipação intestinal. E podem ser obtidas em verduras, legumes e comidas integrais. 
A ausência da Vitamina B12 pode causar anemia, além de problemas no sistema nervoso, como a perda de memória. Por isso, é importante investir em alimentos que atendam essa necessidade.A Vitamina B12 pode ser encontrada em carnes, ovos, queijo e leite. 
O consumo de cálcio é essencial para o fortalecimento e saúde dos ossos, estes que ficam enfraquecidos durante o envelhecimento. Você pode encontrá-lo nos peixes, amêndoas, couve, brócolis, soja, linhaça, grão de bico, entre outros 
A Vitamina D é responsável pela absorção do cálcio. Deficiente em 78% da população, assim como revela o  Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar e o Centro Hospitalar Universitário do Porto, a vitamina em baixos níveis está ligada à depressão. Encontra-se nos óleo de peixe, frutos do mar, sardinha e salmão. 
O Potássio atua na contração muscular, necessária nos batimentos cardíacos. A hipertensão é causada justamente pela ausência de sódio e potássio. Pode ser encontrado em batata inglesa, couve, leguminosas, carnes, entre outros. 
 
Como proceder na falta de apetite?
 
Normalmente, idosos sentem pouca fome e fazem poucas refeições durante o dia. Porém, mesmo que a quantidade de alimentos seja pequena, os nutrientes necessários devem estar presentes. Jamais deve-se passar horas sem comer, por isso, o importante é, pelo menos a cada 3 horas, consumir algo, nem que seja apenas uma fruta. 
 
Nos casos visíveis de perda de peso, desmaios ou fraqueza, é necessário investigar as causas. Nessas situações, a alimentação reduzida pode ser uma das justificativas. 
 
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
 
Os exercícios físicos não devem ser descartados, pois fazem parte da manutenção da saúde e bem estar na terceira idade. Para saber mais, confira a notícia publicada no site da pós-estácio sobre este tema em específico. 
 
E caso seja graduado em Nutrição e esteja em busca uma pós na área, conheça o curso de pós-graduação a distância em Nutrição Aplicada à Terceira Idade da Estácio. Aproveite, as aulas começam em 22 de janeiro e ainda há tempo de se inscrever.
 
Fontes 
 
Emais Estadão 1 
Emais Estadão 2
Nutrição em Foco 
Nutrição em Pauta 
Live Real Today

0800 378 2246

Outros Links



Copyright © Pós Graduação Estácio 2019