A psicopedagogia no tratamento de pessoas com dificuldade de aprendizagem


Postado:


Lidar com dificuldades de aprendizagem é um desafio para os profissionais de educação em todo o mundo. No caso do Brasil, os dados publicados pelo Sistema Nacional de Educação Básica (SAEB), relativos ao ano de 2017, revelam que apenas 5% dos estudantes do terceiro ano do ensino médio possuem conhecimento necessário em português, já em matemática a taxa chega a 7%. 
 
As dificuldades podem piorar caso o aluno tenha alguma complicação como, por exemplo, a dislexia, a discalculia, o Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH), entre outros. Para lidar com essas situações, o psicopedagogo é requisitado, seja nas escolas ou em consultórios, para indicar soluções que melhorem o processo de aprendizagem. 
 
De acordo com o Código de Ética do Psicopedagogo, no artigo 1°, esse é definido como um "campo de atuação em Educação e Saúde que se ocupa do processo de aprendizagem considerando o sujeito, a família, a escola, a sociedade e o contexto sócio-histórico, utilizando procedimentos próprios, fundamentados em diferentes referenciais teóricos”. Desta forma, é possível dizer que a Psicopedagogia tem um olhar particular em enxergar a assimilação do conhecimento. Ao invés de analisar apenas o contexto da escola e o processo de ensino, ela busca compreender o sujeito e o ambiente no qual o indivíduo está inserido e, a partir disso, propor alternativas de estudo. 
 
Apesar de os profissionais atuarem, na maior parte, com o público infantil tratando de doenças como o TDAH, a ação não se restringe apenas a crianças e jovens. O público adulto também precisa desse tipo de serviço, tanto na resolução de problemas já citados, como no caso do déficit de atenção. 
 
Caso os obstáculos para o conhecimento não sejam solucionados, a criança, o adolescente ou o adulto podem se sentir frustrados em sua vida pessoal, estudantil e profissional. Por consequência, o indivíduo se sente desestimulado em seu processo de aprendizagem, sendo capaz de abandonar os estudos. Inclusive, em certas situações, é possível vir a, eventualmente, desenvolver depressão. 
 
A Pós-graduação da Estácio, entendendo a importância de formar profissionais qualificados nessa área, oferece o curso de pós a distância em Psicopedagogia. E a próxima turma já está confirmada com data de início prevista para 11 de dezembro. Caso esteja interessado, não desperdice a oportunidade e inscreva-se, ainda dá tempo!
 
Fontes 
 
Tudo & Todas 
Educação Estadão 
Folha Pernambuco 
Rádios EBC
Nexo Jornal
 

0800 378 2246

Outros Links



Copyright © Pós Graduação Estácio 2019