As últimas atualizações relacionadas ao setor de Engenharia Civil


Postado:


A expectativa pela recuperação do setor de construção civil ainda persiste em 2019. Indicadores calculados pelo IBRE/FGV (Instituto Brasileiro de Economia), como o Índice de Confiança da Construção, revelam que a credibilidade no segmento alcançou 84,7 em novembro de 2018 – o maior nível atingido desde 2015. Ou seja, apesar do cenário atual de incerteza, existe a probabilidade de melhoras no ano de 2019. Para não ficar por fora, caso a oportunidade de emprego apareça, vale a pena estar atualizado no que se refere às próximas tendências da área de Engenharia Civil.
 
O ponto comum entre todos os segmentos de Engenharia é a participação cada vez maior das tecnologias no dia de trabalho. Além de serem importantes na execução técnica, os softwares também reduzem os custos das obras. Inovações como a tecnologia BIM (Building Information Modeling) permitem reunir todos os dados do projeto em um ambiente, possível de ser acessado por todos os profissionais. Dessa forma, a economia é de tempo e custos.
 
Outro exemplo como a Internet Of Things (Internet das Coisas), quando aplicada na área de manutenção, permite monitorar o ciclo de vida dos edifícios com precisão. Da mesma maneira, os sistemas de automação predial conseguem prevenir falhas humanas e realizam a conservação em períodos programados – essenciais na segurança dos trabalhadores e moradores que habitam a edificação.
 
A sustentabilidade também é tema na moda quando o assunto é construção civil. A consciência ambiental é obrigação atualmente. As empresas devem buscar o equilíbrio entre a preservação ambiental e o crescimento socioeconômico. As cidades, principalmente, demandam edifícios que exerçam menos danos ao ambiente, até pelo fato da sociedade ser beneficiada no processo, pois, haverá redução nos custos de operação e na disponibilidade de usufruir de ambientes com melhor qualidade.
 
Seguindo na categoria de meio ambiente, o uso de fontes renováveis – seja na realização das obras como na utilização do produto – também se tornou vantajoso. Com a instalação de telhas solares, apenas como exemplo, é possível gerar energia enquanto é reduzido o uso de outras matrizes energéticas poluentes.
 
Em razão dessas mudanças, um curso de especialização pode ser o ideal na carreira, caso pretenda se destacar no mercado de trabalho. Inscreva-se na pós-graduação em Engenharia Civil: Sistemas Construtivos de Edificações da Estácio. O conteúdo das disciplinas ensinadas abrangem o gerenciamento da qualidade até a gestão ambiental.
 
Textos com base em informações dos sites:
 
https://www.buildin.com.br/tendencias-da-construcao-civil-2/
https://blog.faro.edu.br/8-tendencias-da-engenharia-civil-que-voce-deve-ficar-de-olho/
 
 

0800 378 2246

Outros Links



Copyright © Pós Graduação Estácio 2019