Dicas de alongamento


Postado:


Hoje a maioria das pessoas sabe da importância de fazer alongamentos antes e depois das atividades físicas. Os alongamentos aumentam ou mantêm a flexibilidade dos músculos, preparando-os e "aquecendo-os" antes da atividade física e eliminam a tensão, depois dos exercícios.
 
São especialmente importantes no caso de pessoas que correm, andam de bicicleta, nadam, jogam tênis ou fazem outros exercícios desgastantes, pois atividades como estas promovem tensões e inflexibilidade. Além disso, os alongamentos evitam muitas lesões, como distensões, inflamações etc.
 
No começo, principalmente se você é sedentário, alongar não é fácil, pois há uma grande dificuldade e dor durante os exercícios. Depois de um tempo, quando você estiver fazendo alongamentos de forma regular, os movimentos se tornarão mais fáceis e gostosos. 
 
Você está fazendo o alongamento corretamente? 
1. Antes de tudo
Para fazer o alongamento direito, considere a modalidade, quais movimentos serão realizados e os músculos mais empregados durante a atividade. Eles devem ser o principal foco da sessão.
2. Corpo todo!
A sessão inteira deve durar pelo menos cinco minutos e envolver diversos grupos musculares.
3. Sem exagero
Por outro lado, não ultrapasse o limite de um minuto para cada posição. Isso evita quedas na performance.
4. Ritmo em foco
Combine o alongamento com exercícios de aquecimento, que devem antecipar gestos próprios do esporte subsequente.
5. Pra fechar o treino 
Alongue-se ao final da malhação. Porém, não vá além do ponto. Excessos machucam músculos e até tendões.
 
Conheça mais sobre os nossos cursos de pós-graduação em Educação Física e descubra estas e outras curiosidades durante os conteúdos tratados em sala de aula!
 

0800 378 2246

Outros Links



Copyright © Pós Graduação Estácio 2019