Por que fazer a Pós em Cooperação Internacional em um Mundo Multipolar?


Postado em 17/03/2017



Dentre outras razões para a realização deste curso, a professora e coordenadora do curso, Marina B. Caixeta comenta que a cooperação internacional para o desenvolvimento é um terreno com muitos desafios, o que incentiva os profissionais que atuam na área a questionarem “onde os países e povos querem chegar com suas iniciativas?” Portanto, trabalhar neste campo exige, de certa forma, um olhar mais critico, amplo conhecimento e dedicação do profissional. 
 
Outro ponto destacado no vídeo, pela professora, é que o Brasil tem implementado políticas que são referências. Para melhorar ainda mais o posicionamento estratégico no globo e com o intuito de estreitar relações comerciais, transferência de tecnologias e ajuda humanitária, esta especialização traz conteúdos ricos e explicações de docentes que possuem a experiência necessária para nortear as disciplinas e esclarecer diversas questões aos alunos.
 
Os pós-graduandos terão visão ampla e abrangente relacionada à representativa do Brasil perante os outros países, além de saberem mais sobre  os modelos de desenvolvimento que estão em debate. 
 
Veja na íntegra o vídeo sobre a Pós em Cooperação Internacional em um Mundo Multipolar

0800 378 2246





Lista de Tag's

Outros Links



Copyright © Pós Graduação Estácio 2016