Rede de locais para vacinação em SP conta com farmácias e drogarias


Postado:


Farmácias e drogarias já integram a rede de locais para vacinação na cidade de São Paulo. Segundo a Secretaria Municipal da Saúde, as unidades podem ser cadastradas no Cadastro Nacional dos Estabelecimentos de Saúde (CNES) para ter o licenciamento sanitário e, deste modo, realizar o serviço de imunização.
 
A capital conta com a lei municipal nº 16.739/2017, que regulamenta a aplicação das vacinas nesses estabelecimentos. A pasta informou que houve uma mobilização da secretaria com o Conselho Regional de Farmácia do Estado de São Paulo (CRF-SP) e da Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma) para viabilizar o cadastramento junto ao Ministério da Saúde.
 
São cerca de cinco mil estabelecimentos e a expectativa é de que aquelas farmácias e drogarias interessadas em realizar a atividade de vacinação possam ser licenciadas para o atendimento. 
 
O cadastro no CNES é fundamental para que esses estabelecimentos possam acessar o Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunização (SI-PNI) e computar as doses aplicadas. 
 
A análise e a concessão das licenças sanitárias para que o serviço seja realizado em farmácias e drogarias é feito pela Coordenadoria de Vigilância em Saúde (Covisa). Além do preenchimento de formulários e entrega de documentos, os estabelecimentos passam por inspeção sanitária.
 
--------------------------------
 
Profissionais que atuam na área e desejam aperfeiçoar os conhecimentos, podem conhecer os diversos cursos de Pós em Farmácia ministrados por professores da Estácio. 
 
Acompanhe algumas das opções: 
 
Pós em Análises Clínicas 
Pós em Farmácia Clínica e Atenção Terapêutica
Pós em Farmácia Magistral
 
 

0800 378 2246

Outros Links



Copyright © Pós Graduação Estácio 2019