Você sabe a maneira certa de consumir as oleaginosas?


Postado em 01/02/2018



As oleaginosas como a castanha-do-pará e a de caju, as nozes e as amêndoas, proporcionam uma série de benefícios para a saúde quando são inseridas na alimentação. Afinal, elas são fontes de gorduras boas, as monoinsaturadas e as poli-insaturadas, que protegem o coração. 
 
Contudo, alguns cuidados são necessários ao ingerir as oleaginosas. A melhor maneira de consumi-las é na versão in natura. Aquelas sem sal são mais indicadas pelo teor reduzido de sódio, e também porque em geral a tendência é consumir sal além do recomendado proveniente de outros alimentos. 
 
Como este tipo de alimento é rico em gorduras, o consumo em excesso pode levar ao aumento do peso corporal. Além disso, a castanha-do-pará é rica em selênio, quando ingerida em grandes quantidades - mais de dez unidades diariamente por mais de duas semanas. Nesses casos, ela pode aumentar a concentração deste mineral e prejudicar a saúde. 
 
Atenção à quantidade máxima de selênio diária - > 400 microgramas, o que equivale a quatro castanhas-do-pará. Em crianças, o valor que pode ser ingerido é mais baixo e muda de acordo com a idade. 
 

0800 378 2246





Lista de Tag's

Outros Links



Copyright © Pós Graduação Estácio 2016