A importância do potássio para a saúde


Postado:


Quando falamos de minerais e nutrientes necessários para a manutenção da saúde, o potássio é, com certeza, um dos principais. A importância do potássio é evidente no auxílio ao funcionamento dos músculos, à saúde do sistema vascular, ao fortalecimento dos ossos, entre outras funções. Quer saber mais sobre o potássio? Então, boa leitura!

O que é potássio?

O potássio é um mineral muito importante para o funcionamento adequado de todas as células, tecidos e órgãos do corpo humano. 
 
É também um eletrólito, uma substância que conduz a eletricidade no corpo, juntamente com o sódio, o cloreto, o cálcio e o magnésio. O potássio é crucial para a função cardíaca e desempenha um papel fundamental na contração do músculo esquelético, o que beneficia uma digestão normal e as funções musculares.

Como manter o equilíbrio de potássio no organismo?

A manutenção do equilíbrio certo de potássio no corpo depende da quantidade de sódio e de magnésio no sangue. 
 
A maioria das pessoas obtém todo o potássio de que precisam por meio de uma dieta saudável, rica em vegetais e frutas. 

Boas fontes de potássio

Muitos alimentos contêm potássio, incluindo todas as carnes, alguns tipos de peixes (como salmão, bacalhau e linguado), diversas frutas (como a banana), verduras e legumes. Os produtos lácteos também são boas fontes de potássio.
 
Estes são alguns alimentos que são boas fontes de potássio:
 
• Bananas
• Sucos cítricos (como suco de laranja e de limão)
• Abacate
• Melão
• Tomate
• Batata
• Feijão
• Linguado
• Salmão
• Bacalhau
• Frango e outras carnes
 
No Brasil, como o consumo de sódio no preparo dos alimentos é muito alto, isso pode aumentar a necessidade de potássio. Sintomas como diarreia, vômitos, sudorese excessiva, desnutrição, síndromes de má absorção (como a doença de Crohn) também podem causar deficiência de potássio, bem como o uso de um tipo de medicamento para o coração, chamado diuréticos de alça.
 
Você também pode gostar de:
+ 10 pós-graduações em Nutrição para aumentar suas oportunidades na carreira
+ Pandemia modifica hábitos alimentares dos brasileiros
+ Prescrição de suplementos alimentares: confira a entrevista com a professora Gabriela Chamusca
 
As pessoas mais velhas têm um maior risco de hipercalemia, que é o excesso de potássio no sangue, porque os seus rins são menos eficientes na eliminação de potássio à medida que envelhecem. Os idosos devem ter cuidado ao tomar medicamentos que podem afetar os níveis de potássio, tais como anti-inflamatórios não esteroides (AINEs) e inibidores da ECA.
 
Seja qual for a sua idade, fale com o seu médico antes de tomar suplementos de potássio.

Saúde óssea

Estudos mostram uma relação positiva entre uma dieta rica em potássio e a saúde óssea, especialmente entre as mulheres idosas, sugerindo que o aumento do consumo de alimentos ricos em potássio pode desempenhar um papel na prevenção da osteoporose.

A hipocalemia

Hipocalemia é a falta ou pequena quantidade de potássio no sangue. 
 
O uso mais importante de potássio é para tratar os sintomas de hipocalemia (baixa de potássio), que incluem fraqueza, falta de energia, dores musculares, distúrbios de estômago, batimentos cardíacos irregulares e um eletrocardiograma anormal (eletrocardiograma é um teste que mede a função do coração). 
 
A hipocalemia geralmente é causada pela perda de potássio na urina ou nos intestinos; raramente é causada por falta de potássio na dieta. A hipocalemia pode ser uma ameaça à vida e deve sempre ser tratada por um médico.
 
Vários suplementos de potássio estão disponíveis no mercado, incluindo acetato de potássio, bicarbonato de potássio, citrato de potássio, cloreto de potássio e gluconato de potássio. Para fazer uso de qualquer um deles, certifique-se com o seu médico acerca das necessidades do seu corpo em relação ao consumo de potássio.
 
pós EAD em nutrição
 
 

 

Outros Links



Copyright © Pós Graduação Estácio 2021