Dez curiosidades sobre o mercado de trabalho para Tradutor ou Intérprete em Espanhol


Postado:


O tradutor é o profissional responsável por converter textos escritos de uma língua para outra, e vice-versa, em diversas mídias diferentes. O tradutor de espanhol, por exemplo, é responsável por cuidar da tradução de conteúdos audiovisuais, livros e textos. Em empresas, é comum que esse profissional fique responsável pela transcrição de documentos ou pela mediação, em reuniões, da comunicação entre funcionários e sócios que não falem o mesmo idioma.

No Brasil, o tradutor de espanhol, entre outros idiomas, é bastante requisitado para eventos internacionais, congressos, simpósios, empresas corporativas e empresas especializadas em serviços turísticos.

Para saber mais sobre a profissão, a Pós Estácio separou 10 curiosidades para aspirantes à carreira de tradutor. Confira:

 

1 – A maioria dos tradutores trabalha de forma independente

Existem diversos tipos de vagas fixas para tradutores em empresas, órgãos públicos e veículos de imprensa, mas a maior parte do trabalho é freelance, feito mediante solicitação e pagamento acordado.

 

2 – Trabalhe com tradução escrita e oral

O profissional envolvido com tradução escrita trabalha diretamente com livros, textos e documentos em empresas especializadas em conteúdo estrangeiro, como editoras de livros. Já o profissional que trabalha com tradução oral pode exercer a profissão em tradução simultânea, eventos, congressos e palestras. Pode também trabalhar acompanhando executivos, chefes de estado e outros profissionais em encontros e reuniões.

 

3 – É possível se especializar em tradução

Embora qualquer pessoa que domine o idioma possa trabalhar como tradutor,existem cursos preparatórios e de especialização que são bastante úteis para destacar o profissional no mercado de trabalho. Em geral, tradutores profissionais sãoformados em Letras ou em Tradução. É possível, ainda, fazer um curso de pós-graduação em Tradução em Espanhol.

 

4 – Espanhol é o segundo idioma com maior demanda no mercado

Embora 70% do mercado seja voltado para traduções em inglês, que é a língua mais abordada e requerida, há também bastante mercado voltado para o espanhol, assim como para o francês e o italiano.

 

5 – Faltam profissionais de tradução no Brasil

A demanda por intérpretes e tradutores no Brasil é grande, e faltam profissionais qualificados. Esses profissionais são ainda mais requisitados em grandes centros, como São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba, mas a concorrência nesses lugares também é maior. É comum, também, que profissionais de tradução viagem para trabalhar.

 

6 – O mercado está passando por forte expansão

Com a economia cada vez mais aquecida, negócios e serviços estão se expandindo rapidamente no Brasil. Um número crescente de corporações estrangeiras investem no país, e as relações bilaterais aumentam. Dessa forma, empresas procuram cada vez mais tradutores e intérpretes. A área é bastante flexível e aberta para novos profissionais.

 

7 – Eventos internacionais criam oportunidades

Eventos esportivos, congressos, exposições, simpósios, feiras, entre outros eventos internacionais, ajudam a aumentar as oportunidades para tradutores.

 

8 – Conhecimento profundo é um diferencial nessa área

É preciso conhecer bem a língua com a qual se trabalha, assim como ter reconhecimento no que diz respeito ao pleno domínio da língua. Diplomas estrangeiros de proficiência abrem portas, embora não sejam obrigatórios para o exercício da profissão. O importante é ter domínio da fala e da escrita, além de se aprofundar no cotidiano do idioma e na sua gramática de uso.

 

9 – Existem características fundamentais para um tradutor, como gostar de estudar uma língua

Para quem trabalha com tradução simultânea ou acompanha pessoas em eventos, é preciso ser dinâmico, comunicativo, aberto e ter disponibilidade para viagens a trabalho. Já quem trabalha com tradução escrita deve gostar bastante de ler, escrever e pesquisar, e ser bastante concentrado.

 

10 – O aprendizado é contínuo

Quanto mais experiência e portfólio, melhor será para o profissional. No dia a dia, é possível aprender detalhes e expressões da língua, o que desenvolve e aprimora os recursos de comunicação, tornando o profissional mais qualificado e experiente.

 

Você é graduado em Letras e deseja se especializar em Tradução? Conheça o curso de Pós-graduação EAD em Tradução em Espanhol da Pós Estácio!

 

0800 378 2246

Outros Links



Copyright © Pós Graduação Estácio 2019