Entenda a importância da refrigeração e armazenamento adequado de alimentos perecíveis


Postado:


Existem produtos alimentícios perecíveis com menor resistência à falta de refrigeração do que outros, ou até mesmo aqueles que não podem ficar sem ela, como iogurtes, laticínios, frios, massas frescas e carnes. Dessa forma, possuir um freezer ou outro equipamento de refrigeração é indispensável para garantir a qualidade e a comercialização dos produtos de uma loja, assim como de qualquer estabelecimento que atue no ramo alimentício.

Recentemente, o programa “Pesadelo na cozinha”, da Rede Bandeirantes, fez sucesso na internet após o episódio onde o chef Jacquin visita um estabelecimento que desligava o freezer de carnes durante a noite a fim de economizar energia, o que é uma infração gravíssima, que coloca em risco a qualidade dos alimentos e a saúde dos clientes que os consomem. A infração deixou o chef furioso, e o vídeo de sua reação se tornou meme nas redes sociais.

 

A gravidade e o risco que oferecem alimentos conservados inadequadamente

Segundo a Professora Mestra Fernanda Flores Nascimento, docente do curso de pós-graduação em Vigilância Sanitária e Qualidade de Alimentos na Pós Estácio, a conservação e o armazenamento dos alimentos têm como principal objetivo manter sua qualidade nutritiva e suas características organolépticas (que podem ser percebidas pelos sentidos humanos), além de também prolongar a vida útil dos alimentos. Para que isso aconteça, é necessário que se tenha uma refrigeração adequada em todas as suas etapas.

A qualidade dos equipamentos de refrigeração também é fundamental. Eles devem estar com temperaturas adequadas para garantir a conservação dos alimentos e passar por manutenções preventivas, e, quando necessário, corretivas.

 

Controle de qualidade dos alimentos

O controle de qualidade dos alimentos é toda ação que visa melhorar as boas práticas nos procedimentos de higiene e manipulação, para que o produto fique livre de qualquer contaminação e seja seguro para consumo, de forma que não cause perigo à saúde de quem o ingerir.

Existem leis que regulamentam os padrões higiênico-sanitários que devem ser seguidos por todo estabelecimento que lida com alimentos, como restaurantes, padarias, supermercados e lanchonetes, entre outros.

Para implantação do controle de qualidade é importante que o proprietário do estabelecimento procure um profissional especializado, como o nutricionista. Esse profissional irátreinar os colaboradores e supervisionar todos os processos, que vão desde as instalações físicas, higiene pessoal, higiene do local e dos equipamentos, até o detalhamento dos procedimentos envolvidos.

Você é profissional e deseja se especializar? Conheça o curso de Pós-graduação Vigilância Sanitária e Qualidade de Alimentos da Pós Estácio!

 

0800 378 2246

Outros Links



Copyright © Pós Graduação Estácio 2020