Mercado de trabalho em Engenharia de Produção se mantém forte, mesmo em momentos de crise


Postado:


Acrescentar qualidade, produtividade e gestão de projetos e pessoas são características essenciais de um profissional qualificado em Engenharia de Produção, uma das áreas da engenharia que estão em alta no mercado de trabalho. Esta é uma função que combina conhecimentos de engenharia e administração, atuando diretamente no gerenciamento e na produção de indústrias e empresas. Dentro dessa área é possível atuar, por exemplo, em análise da estrutura empresarial e no gerenciamento financeiro e de mão de obra, entre outras atividades.

 

Uma das principais funções exercidas pelo engenheiro especializado em produção é fazer com que os custos de produção da empresa sejam os menores possíveis, ao mesmo tempo que se mantém a qualidade dos produtos. Para isso, é necessário garantir que o processo produtivo funcione da melhor forma. Essa especialização também é considerada uma das carreiras mais valorizadas, tendo o piso estipulado pelo CREA em 6 mil reais, para profissionais recém-formados, podendo chegar a 35 mil para um profissional sênior, com mais de 15 anos de experiência.

 

Mercado de trabalho e atuação

Engenheiros de Produção são bastante requisitados em diversas áreas, como indústria, varejo, turismo, finanças e saúde, entre outras. Dessa forma, as oportunidades são bastante abrangentes, em diversas subáreas, o que abre a possibilidade de transitar nas diferentes áreas e ocupar diversos cargos. Também é comum encontrar colocação nos setores alimentício, siderúrgico, civil e agroindustrial.

Outro ponto importante é que, mesmo em tempos de crise, esses profissionais costumam ser absorvidos com facilidade pelo mercado, uma vez que o engenheiro de produção é responsável por repensar o processo produtivo, readequando os processos e reduzindo custos. É um profissional indispensável para empresas que pretendem inovar e, ao mesmo tempo, diminuir gastos em tempos de crise.

 

Perfil profissional do Engenheiro de Produção

Além de entender de sistemas de produção, qualidade e máquinas, é importante que o Engenheiro de Produção saiba lidar com as necessidades humanas e as relações de trabalho. Além disso, esse profissional deve ser multidisciplinar, a fim de compreender o processo produtivo e estar apto a atuar nele. Por isso, espera-se que o Engenheiro de Produção tenha interesse em inovações e tendências do mercado, que esteja conectado a novas tecnologias e tenha facilidade com raciocínio lógico.

É necessário também que esse profissional tenha jogo de cintura e criatividade para lidar com desafios constantes no ofício, tanto do ponto de vista estrutural e técnico quanto das relações profissionais.

A importância da especialização

Como a exigência do mercado profissional é alta, uma especialização é essencial para aprimorar conhecimentos e aumentar as chances de conquistar uma ótima colocação profissional. A especialização em Engenharia de Produção é uma boa opção para quem tem perfil dinâmico e é bastante atento a métodos. Ao unir conhecimentos de ciências exatas e de ciências humanas, esse curso de pós-graduação oferece aprofundamento e atualização de conceitos, além de novas possibilidades de carreiras.

 

Você é profissional de engenharia e deseja se destacar no mercado de trabalho através de uma especialização? Conheça o curso de pós-graduação em Engenharia de Produção

0800 378 2246

Outros Links



Copyright © Pós Graduação Estácio 2020