O papel da Psicopatologia no entendimento de transtornos mentais


Postado:


No campo de estudos da psicologia e psiquiatria, é conhecida como Psicopatologia a disciplina que estuda as causas e a natureza das doenças psicológicas. O estudo é desenvolvido por meio da compreensão da psicopatologia sob diferentes perspectivas, como dos pontos de vista biomédico, psicodinâmico e comportamental.

Da perspectiva biomédica, por exemplo, entende-se que doenças mentais são resultado de alterações psicopatológicas causadas por anormalidades biológicas, assim como outras doenças. Sendo assim, conclui-se que um comportamento anormal é uma doença causada pelo funcionamento patológico de alguma parte do organismo, por isso o tratamento deve ser focado na correção dessas anormalidades.

A disciplina também compreende que transtornos mentais orgânicos possuem causas físicas, como o mal de Alzheimer, ao passo que transtornos mentais funcionais são comportamentos anormais sem indícios de alterações orgânicas no cérebro.

Em um conceito amplo, a psicopatologia pode ser compreendida como um conjunto de conhecimentos referentes ao adoecimento mental humano. O psicopatólogo não julga ou avalia moralmente seu objeto de estudo conforme uma linha de pensamento psicológico, apenas busca observar e compreender elementos que caracteriza a disfunção como uma patologia.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), estima-se que doenças e transtornos mentais afetam mais de 400 milhões pessoas em todo mundo. Conforme a Organização das Nações Unidas (ONU), entre 75% e 85% das vítimas desses males não tem acesso ao tratamento psicológico ou psiquiátrico a adequado. Só no Brasil, estima-se que 23 milhões de pessoas sofram de algum transtorno psicológico, moderado ou grave.

---------------------------

Ficou interessado por esse conteúdo? Leia também:

Psicologia Organizacional e as atividades dos profissionais da área

O cenário para o profissional de psicologia em 2019

0800 378 2246

Outros Links



Copyright © Pós Graduação Estácio 2019