O Que é Infecção Hospitalar e Como Evitá-La


Postado:


No dia 15 de maio de 1847, na Hungria, o obstetra Ignaz P. Semmelweis deu início à prática de lavagem das mãos como atitude obrigatória para enfermeiros e médicos que cuidavam de enfermos. Uma medida bastante simples, mas que se tornou efetiva na redução da taxa de mortalidade de pacientes. Em homenagem à atitude do médico, no dia 15 de maio comemora-se o Dia Nacional de Controle de Infecções Hospitalares. A data tem por objetivo chamar a atenção de profissionais e autoridades sanitárias, além de diretores de instituições de saúde e de trabalhadores que lidam diretamente com pacientes, para a importância do controle de infecções.
 

Como acontece a infecção hospitalar?

A maioria das infecções hospitalares é provocada por micro-organismos presentes no próprio paciente, que se aproveitam da vulnerabilidade do sistema imunológico frágil do paciente.  Infecções também são provocadas por falhas em procedimentos realizados por profissionais, como não higienização das mãos ou uso de materiais colocados em contato com outros pacientes infectados. O uso de equipamentos invasivos, como catéter e respirador, também facilita a entrada de bactérias e vírus, bem como lesões na pele do paciente, que são portas de entrada para bactérias. De acordo com especialistas, as bactérias estão se tornando cada vez mais resistentes a antibióticos, o que torna a prevenção ainda mais importante. 
 

Como podemos prevenir as infecções hospitalares?

- Higienizar corretamente as mãos de todos que circulam em ambiente hospitalar, sejam profissionais, pacientes ou acompanhantes, com frequência adequada.
- Usar álcool e desinfetante ao entrar e sair do hospital.
- Adotar procedimentos corretos de limpeza e assepsia da pele de pacientes antes de cirurgias.
- Manter jalecos, instrumentos médicos e equipamentos sempre limpos e esterilizados.
Seguindo esses passos simples, porém necessários, podemos evitar os tantos casos de infecção hospitalar que acontecem e salvar cada vez mais vidas. 
 
Estima-se que, no Brasil, a taxa de infecções hospitalares atinja 14% das internações. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 234 milhões de pacientes são operados por ano, dos quais um milhão morre em decorrência de infecções hospitalares e sete milhões apresentam complicações no pós-operatório. Por isso, esses cuidados são tão importantes para a área da saúde.

0800 378 2246

Outros Links



Copyright © Pós Graduação Estácio 2020