Pedagogia infantil: tudo o que você precisa saber para ensinar e entreter ao mesmo tempo

A pedagogia é considerada uma ciência, pois trata de toda a complexidade do fenômeno educacional e é aplicada à natureza psicossocial do ser humano, visando analisar e organizar, disciplinar e melhorar a educação e a formação de pessoas, não apenas como profissionais, mas como seres sociais.

A pedagogia infantil é parte importante dessa ciência, pois abrange as primeiras fases e experiências sociais do ser humano.

O que é pedagogia infantil?

É uma área da pedagogia que se dedica ao ensino nas creches, pré-escolas e nos anos iniciais do ensino fundamental, direcionados à primeira infância. Ela está dividida por faixa etária:

- Creche: crianças de 0 a 3 anos

Leva a criança a ter experiências de aprendizagem de forma lúdica, desenvolvendo os lados subjetivo e intelectual do aluno, considerando os pequenos avanços pertinentes a essa fase, como a marcha, a linguagem, o pensamento simbólico e a sociabilidade.

- Pré-escola: crianças de 4 a 5 anos

A educação infantil é a fase escolar na qual é trabalhada a estruturação da criança por meio da aplicação de atividades lúdicas que desenvolvam a coordenação motora, a linguagem e a sociabilidade, mas em níveis mais intensos em comparação à creche.

- Anos iniciais: crianças a partir de 6 anos

Nessa fase escolar, a criança está entrando na fase de alfabetização, em que seu desenvolvimento intelectual fica mais intenso. Os alunos aprendem a ler, escrever e realizar operações matemáticas simples, a fim de trabalhar as capacidades de leitura, interpretação e raciocínio.

Saiba mais sobre o tema! CLIQUE AQUI, conheça nosso curso de Pós-Graduação em Psicopedagogia e aproveite as vantagens de tornar-se aluno Pós Estácio!

Desafios da Pedagogia Infantil

O especialista em pedagogia infantil pode atuar em todas essas fases, sendo responsável pela aprendizagem e pelo desenvolvimento dos alunos.

Para atender às especificidades de cada fase, é necessária a criação de ambientes e de materiais pedagógicos adequados, assim como a construção de atividades educacionais que provoquem o desenvolvimento das crianças.

O profissional de pedagogia infantil precisa ter um currículo que ofereça experiências ricas, lúdicas e diversificadas, nas quais o dinamismo da criança seja elevado ao nível educacional, favorecendo as múltiplas linguagens do aprendizado, gerando maior significação ao ambiente escolar. Tudo isso para melhorar a qualidade da educação na primeira infância.

Três fatores de atenção aos pedagogos

Existem três fatores que requerem atenção do profissional que deseja especializar-se em pedagogia, especialmente na educação infantil, na qual as crianças precisam ser guiadas a uma rotina e a um ensino saudáveis, incluindo:

- Administração do tempo

- Avaliação da aprendizagem

- Inclusão dos alunos especiais

Por isso, você que pretende especializar-se na área precisa desenvolver habilidades para lidar com esses e muitos outros desafios da profissão.

Continue conosco neste artigo e saiba tudo o que você precisa dominar para superá-los!

1. Administração do tempo de planejamento e de sala de aula

O planejamento das atividades em sala de aula não é exclusivo aos professores que ensinam alunos de idades mais avançadas. A educação infantil também requer esse planejamento e essa administração de tempo, pois, sem eles, o profissional de pedagogia não conseguiria ter um bom desempenho e sofreria com acúmulo de trabalho e com estresse, o que poderia afetar o bom desenvolvimento dos alunos.

Compete ao professor:

- elaborar planejamentos para as aulas;

- selecionar conteúdos e materiais para essas aulas;

- distribuir os materiais por aula;

- elaborar e corrigir provas e exercícios dos alunos em idade mais avançada;

- elaborar avaliações de desenvolvimento e aprendizagem;

- elaborar planos de aula e avaliações especiais para alunos com deficiência;

- elaborar atividades que desenvolvam as competências socioemocionais dos alunos;

- promover atividades diagnósticas para o desenvolvimento pessoal dos alunos;

- preparar avaliações diagnósticas para desenvolver os alunos, trabalhando as forças e as fraquezas de cada um;

- usar tecnologias disponíveis na escola para potencializar o aprendizado dos alunos;

- elaborar atividades para combater o bullying;

- organizar reunião de pais;

- participar de conselhos de classe;

- realizar outras tarefas rotineiras em pedagogia infantil.

Gostou deste conteúdo? CLIQUE AQUI, saiba mais sobre nosso curso de Pós-Graduação em Psicopedagogia e conheça as vantagens especiais que a Pós Estácio preparou pra você!

 

 

Compartilhe essa notícia

Veja também