Pós-Graduação Presencial

Medicina Aeroespacial


INTRODUÇÃO
O aumento mundial crescente e constante da aviação como meio de transporte e de emprego tem gerado uma forte demanda por profissionais com conhecimentos diferenciados em fisiologia e medicina aeroespacial. Voar tornou-se uma necessidade, e voar de forma segura e saudável, uma questão de saúde pública.

APRESENTAÇÃO DO CURSO
Além de proporcionar um conhecimento profundo nas disciplinas básicas, como fisiologia de voo e de altitude, esta especialidade objetiva discutir todos os principais temas relacionados ao trinômio humano-máquina-meio, incluindo todos os protocolos de abordagem nessa área.

OBJETIVO DO CURSO
Apresentar o máximo de informações sobre fisiologia de altitude, fisiologia de voo, medicina de aviação, ambiente de voo, ambiente de altitude, física atmosférica, medicina do viajante, clínicas médicas em ambiente de voo, transporte e resgate aeromédico, treinamento fisiológico em aviação, legislação médica aeronáutica, direito aeronáutico, farmacologia em aviação, sistemas de oxigênio em aviação, telemedicina em aviação, perícia médica aeronáutica, investigação e prevenção de acidentes aeronáuticos, medicina do trabalho em aviação, medicina aeroportuária, psicologia de aviação, fisiologia e ambientes espaciais, medicina e ambiente aeroportuário, segurança de voo, emergências aeronáuticas, radiações em aviação, entre outros temas, e ajudá-lo(a), por meio de aulas teóricas e práticas, a desenvolver um raciocínio clínico para abordar esses assuntos de forma científica.

METODOLOGIA
O curso é realizado na modalidade presencial, com aulas teóricas apoiadas em mídias audiovisuais e com equipamentos específicos de avaliação e de tratamento, para conhecimento e prática dos alunos.
Além da exposição dos temas pelo docente, algumas aulas contarão com a realização de exercícios, estudos de caso, seminários, debates, resenhas e/ou discussão de artigos científicos, proporcionando um ambiente de integração e troca de experiências entre alunos e professores.
Serão disponibilizados previamente pelo docente, na plataforma virtual do aluno, materiais didáticos complementares com o objetivo de familiarizar o discente com o conteúdo e prepará-lo para a dinâmica de sala de aula.
O curso oferecerá aos alunos a oportunidade de obter conhecimentos específicos de avaliação e de tratamento, realizados de forma científica e segura, em ambiente de voo e de altitude.

CARGA HORÁRIA
420 horas (290 horas presenciais e 130 horas online ao vivo).

PERÍODO
Sexta-feira, das 18h às 23h; sábado e domingo, das 8h às 18h, uma vez por mês.

PÚBLICO-ALVO
Pretende-se formar profissionais com perfil para trabalho clínico autônomo ou em associação a uma equipe de saúde que atue em ambiente de altitude e de aviação, bem como despertar o aluno para a pesquisa científica, contribuindo ainda mais para o desenvolvimento da especialidade.

ÁREAS DE ATUAÇÃO APÓS A CONCLUSÃO DO CURSO
O profissional especialista em Medicina Aeroespacial poderá atuar como autônomo ou em clínicas particulares; em serviços hospitalares com transporte aeromédico; medicina aeroportuária; medicina do trabalho em empresas aéreas; realizar perícias médicas aeronáuticas, entre outras possibilidades.

Pretende-se, ao final do curso, que esse profissional seja capaz de:
1. conhecer e aplicar na prática as bases da fisiologia de voo e de altitude;
2. estabelecer os objetivos e programar um plano de tratamento a curto, médio e longo prazo, elegendo condutas apropriadas a cada fase;
3. reconhecer os efeitos fisiológicos e físicos das técnicas terapêuticas, e ser capaz de relacioná-las às respectivas indicações e contraindicações;
4. descrever a evolução dos quadros clínicos em ambiente de altitude e de voo dos pacientes, assim como fazer alterações ou adaptações na conduta estabelecida de acordo com a necessidade do caso clínico;
5. avaliar, indicar e confeccionar dispositivos auxiliares, como oxigenioterapia, por exemplo, para auxiliar programas de reabilitação e tratamento em ambiente de voo e de altitude;
6. preencher e manusear o prontuário, relatórios e prescrições, utilizando terminologia apropriada;
7. elaborar um artigo no formato de revisão sistemática, dentro de uma metodologia científica coerente e exequível.

COORDENAÇÃO
Prof. M.e Rolland Duarte de Souza

DISCIPLINAS/CONTEÚDO

O AMBIENTE DO VOO
Introdução ao estudo da medicina aeroespacial; histórico da medicina aeroespacial; atmosfera e espaço; fisiologia respiratória; hipóxia; fisiologia cardiovascular; sistemas de oxigênio; anatomia e fisiologia otorrinolaringológica; disbarismos; pressurização e descompressão; acelerações; problemas térmicos; anatomia e fisiologia oftálmica; efeitos do voo sobre a visão; efeitos sensoriais das acelerações; fatores intercorrentes e os aeronavegantes (ritmo circadiano, medicamentos, alimentação, aerocinetose, fadiga, medo de voar).

SEGURANÇA DE VOO
Câmara hipobárica; cadeira de Barany; visão noturna. Código Brasileiro do Ar; Lei do Aeronauta; Lei da Criação da ANAC; Regulamentos brasileiros de homologação aeronáutica; Portaria do Ministério da Saúde; Resolução do Conselho Federal de Medicina; Convenção da Organização Internacional de Aviação Civil; Código de ética médica; Requisitos médicos gerais; sistema cardiovascular; aparelho respiratório; aparelho digestório; sistema endócrino; hematologia; sistema urinário; ginecologia e obstetrícia; sistema locomotor; sistema neurológico; aptidão mental psiquiátrica e psicológica; oftalmologia; otorrinolaringologia; laboratório de análises clínicas; laboratório de raio X; odontologia; Sistema de investigação e prevenção de acidentes aeronáuticos; segurança de voo; agente de segurança de voo; relatórios de perigo; relatórios de incidente aeronáutico; relatórios de incidente aeronáutico grave; relatórios de acidente aeronáutico.

EMERGÊNCIAS AEROMÉDICAS
História do transporte aeromédico; aspectos legais; aspectos médicos do voo; equipamentos; tripulação; escolha do tipo de aeronave; noções de técnica de voo; transporte de paciente com trauma, cardíaco, obstétrico, neonatal; o tripulante doente; o passageiro doente; a morte no avião; principais doenças no aeroporto; o avião como meio epidemiológico; higiene do trabalho; avaliação e controle do ambiente; ergonomia.

CORPO DOCENTE

O corpo docente é composto por professores doutores, mestres e especialistas, de forma a proporcionar ao aluno contato com profissionais com experiência clínica, em docência e em pesquisa na área de atuação do curso.

Coordenador - Prof. Me. Rolland Duarte de Souza - Médico
Profa. Ma. Ana Cristina Oshiro - Médica
Prof. Dr. André Casarim- Médico
Profa. Dra. Cristina Bassani - Bióloga
Prof. Me. Carlos Gerk Filho - Médico
Profa. Esp. Denise Strake - Médica
Prof. Dr. Eduardo Beni - Advogado
Prof. Dr. Eduardo Vinhaes - Médico
Profa. Esp. Fernanda Bacaro - Médica
Prof. Esp. Henrique Zimmerman - Educador Físico
Prof. Dr. João Castro - Médico
Profa. Esp. Lia Ribeiro - Médica
Prof. Esp. Luis Demenato - Médico
Profa. Esp. Márcia Donati - Médica
Profa. Dra. Marlise Santos - Farmacêutica
Prof. Me. Milton Gotardo - Médico
Prof. Esp. Paulo Demenato - Médico
Prof. Dr. Ricardo Galesso - Médico
Profa. Esp. Rose Ruppert - Psicóloga
Prof. Esp. Samuel Damin - Médico
Profa. Esp. Sara Sonetti - Médica
Profa. Dra. Thaís Russomano - Médica

Cidades

SAO PAULO

  • UNIDADE BELA VISTA (CETEC) - RUA TREZE DE MAIO - RUA TREZE DE MAIO
  • 25/03/2022 - (data prevista para início do curso)
  • Sexta das 18h ás 23h, Sábado e domingo das 8h às 18h, uma vez por mês Carga horária: 290h presenciais e 130h ao vivo/on-line
  • Ver investimento