Saiba mais sobre Machine Translation com o Prof. Dr. Jorge Davidson

Há 14 anos no universo da tradução, nosso Prof. Dr. Jorge Davidson tem as melhores dicas sobre Machine Translation. Confira este conteúdo gratuito e fique por dentro de tudo!

Mestre e Doutor em História Social pela Universidade Federal Fluminense (UFF), tradutor especializado em tecnologia e localização para grandes empresas de software e hardware, além de outras áreas, o professor deu uma entrevista para o nosso portal, contando um pouco de sua trajetória e do seu conhecimento.

Durante o bate-papo, o docente da Pós Estácio falou sobre sua expertise no mundo da Tradução, sobre o polêmico tema da relação entre o tradutor e a Machine Translation, e sobre a importância de encontrar uma área de atuação e a especialização ideal para se desenvolver nela.

“Como tradutor, além de me dedicar à tradução tecnológica, consigo navegar por outros setores, como arquitetura, saúde pública, comunicação, educação e história. Gosto de ser especialista, no entanto, sinto necessidade de algo a mais”, aponta o professor Davidson.

Argentino radicado no Rio de Janeiro, o mestrando em Estudos da Linguagem pela PUC-Rio compartilhou conosco alguns temas da atualidade que podem ser muito úteis pra você. Por isso, fique com a gente!

A relação entre o tradutor e a Machine Translation:

A tradução por máquina (Machine Translation ou MT) é um tema polêmico, pois continua gerando fortes controvérsias e debates nas comunidades de tradução. Durante a entrevista, o professor Davidson nos apontou quatro posturas em relação ao tema:

- Negacionista: grupo de tradutores que rejeitam totalmente o assunto.

- Catastrofista: são os que apregoam o fim iminente da tradução humana.

- Pragmática

- Transformacionista

Nota-se que poucos são os profissionais dispostos a analisar o assunto com o cuidado e a objetividade que ele merece.

O professor Davidson ainda aponta algumas possibilidades para o futuro profissional do tradutor e indica ferramentas essenciais para o profissional que está iniciando na carreira ou mesmo para os mais experientes, mas que ainda resistem às inovações tecnológicas.

Com toda sua expertise, o professor afirma que o profissional que desconhece a importância das “CAT Tools” inevitavelmente ficará de fora de boa parte do mercado, uma vez que se trata de instrumento fundamental para o desenvolvimento de grandes demandas de trabalho com qualidade.

Pós-edição

O expert comenta, ainda, sobre a função do pós-editor no universo da tradução e o “papel” cobrado pelas agências:

“É um trabalho que realmente pode ser bem remunerado, mas vai depender muito do nível de exigência do texto final cobrado pelo seu cliente”, sublinha o professor Davidson.

Na entrevista completa, o professor fez uma abordagem histórica sobre a interação entre inteligência artificial, interação homem-máquina e Machine Translation, para ampliar nossa visão sobre como estamos hoje e o que esperar para o futuro de nossa profissão.

Para saber mais sobre o que o nosso expert tem a ensinar sobre o tema e todas as dicas valiosas, assista aqui:

 

Compartilhe essa notícia

Veja também

 



Copyright © Pós Graduação Estácio 2021