Você sabe qual o papel do enfermeiro obstetra?


Postado:


A área da Obstetrícia é voltada para o estudo e o cuidado de mulheres gestantes, de mulheres que acabaram de dar à luz e de recém-nascidos, englobando o período da gestação, desde o pré-natal, parto e pós-parto.

O que é enfermagem obstétrica?

A Enfermagem Obstétrica é uma área da enfermagem que cuida, especificamente, das fases da reprodução humana envolvendo gestação, pré-natal, parto e pós-parto.
 
O enfermeiro obstetra é preparado para exercer suas funções e, além disso, poder fazer uma análise crítica da situação das pacientes e estar atento a possíveis problemas, agindo para que eles não comprometam a saúde.

Como atuar na área da enfermagem obstétrica?

O profissional já formado na área de Enfermagem pode procurar uma especialização em Enfermagem Obstétrica a fim de capacitar-se, qualificar-se e atualizar-se na área da Obstetrícia, tornando-se apto a exercer as funções próprias dessa área. 
 

Qual a função do enfermeiro obstetra?

O Enfermeiro Obstetra pode atuar em diversas frentes, como:
 
Pré-natal: acompanhamento das condições da gestante durante toda a gravidez, realizando os procedimentos de consultório e solicitando exames.
 
Parto: conduzir partos normais em casa ou em hospitais, acompanhando a equipe médica; garantir à mulher um parto humanizado, respeitando suas escolhas e ajudando-a, sempre verificando contrações e dilatações.
 
Acompanhamento pós-parto: assistir à mulher no processo de recuperação após o parto; orientá-la sobre amamentação, adaptação do recém-nascido e planejamento familiar.
 
Acompanhamento de recém-nascidos: além de acompanhar a mãe, o enfermeiro obstetra também avalia a condição dos bebês recém-nascidos, realizando exames e prestando cuidados.

Onde o enfermeiro obstetra pode trabalhar?

Por causa do crescimento do debate sobre parto humanizado e saúde da mulher, e dos incentivos do Ministério da Saúde para que sejam feitos mais partos naturais, o mercado de Enfermagem Obstétrica está aquecido.
 
No momento em que o profissional se especializa na área, torna-se habilitado para trabalhar em locais da área da saúde, por exemplo:
 
  • Casas de parto
  • Clínicas
  • Hospitais 
  • Maternidades
  • Postos de saúde
  • Laboratórios
 
Apesar do mercado aquecido, segundo o Conselho Federal de Enfermagem (COFEN), no Brasil inteiro só são registrados 289 profissionais. Por isso, fazer uma especialização nessa área pode significar uma grande oportunidade de crescimento. 
 
Gostou desse conteúdo? Acompanhe-nos para mais atualizações sobre o mercado de trabalho de diversas áreas.
 

0800 378 2246

Outros Links



Copyright © Pós Graduação Estácio 2020