A importância da atividade física na terceira idade


Postado:


A atividade física é essencial para a saúde e para o bom funcionamento do corpo e da mente na terceira idade. Segundo uma pesquisa britânica sobre a importância da atividade física, publicada em 2018, atividades leves e simples, como passear pela vizinhança, cuidar do jardim ou brincar ao ar livre com os netos, podem contribuir mais do que se imagina para a saúde na terceira idade. Segundo os pesquisadores, algumas horas semanais de atividade física já são suficientes para diminuir o risco de morte em pessoas idosas. Cerca de 30 minutos de atividade de baixa ou moderada intensidade são suficientes para diminuir o risco de morte em até 33%.

O aumento da longevidade é uma tendência global, inclusive no Brasil. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), no período de 2000 a 2015, a expectativa de vida aumentou em cerca de 5 anos, em todo o mundo. Com o envelhecimento da população, é cada vez mais necessário traçar estratégias que permitam que essas pessoas vivam a velhice de forma saudável e produtiva. Para isso, a promoção da prática regular de atividade física voltada para idosos é uma das iniciativas mais eficazes.

Contudo, o processo de envelhecimento é caracterizado por transformações progressivas e irreversíveis. A pessoa idosa não tem mais condições de realizar com firmeza as tarefas que sempre executou, e isso pode gerar frustração, indisposição e desânimo na hora de realizar uma atividade física. Por isso, é papel do educador físico mostrar ao idoso que, apesar da idade, ele ainda é capaz de fazer coisas extraordinárias.

O objetivo do educador com físico com pós-graduação em Atividade Física e Saúde para Grupos Especiais, especialista na realibilitação de alunos da terceira idade, é proporcionar a eles uma melhor qualidade de vida, e, em posse do conhecimento acerca de atividades físicas, incentivar uma rotina de exercícios específica para essa população, mostrando que ainda são capazes dese exercitar e ter uma vida ativa. A partir desse trabalho, é possível restaurar a confiança do idoso e promover a sua autoestima, gerando maior disposição e prazer para a prática de atividades físicas.

Além da promoção da autoestima e da disposição, a atividade física na terceira idade é importante por agir sobre o envelhecimento, prevenindo o atrofiamento precoce e, com isso, muitas vezes, a limitação funcional. Entre os benefícios biológicos, destaca-se a melhora de sistemas que ficam comprometidos na terceira idade, como as capacidades cardiovascular e respiratória. Além disso, a importância do incentivo à prática de atividade física na terceira idade também se justifica pela promoção da socialização, por meio de grupos de atividades e lazer.

Você é profissional em educação física e deseja se destacar no mercado de trabalho? Conheça os cursos de pós-graduação em Educação Física da Pós Estácio!

 

Leia também:

Cuidados com a alimentação na terceira idade

0800 378 2246

Outros Links



Copyright © Pós Graduação Estácio 2020