A profissão e os desafios da área de Tradução


Postado:


A globalização já é um fenômeno presente no nosso dia a dia, acompanhada da conectividade dos ambientes digitais. Sendo assim, todos os dias nos deparamos com o trabalho do profissional em Tradução, em livros, filmes, jogos de videogame, manuais, contratos, materiais corporativos, entre tantos outros meios. 

A profissão de Tradutor

O tradutor é o profissional que realiza a conversão de um texto para outro idioma
 
“Eu diria que um tradutor é uma ponte entre culturas, porque um tradutor não se limita a traduzir palavras, mas textos que estão inseridos em um contexto, e esse contexto está inserido em uma cultura. Então, o que o tradutor faz é transferir esse texto que está dentro de um contexto e de uma cultura para outra”, comenta a professora Meritxell Almarza, docente dos cursos de Pós em Tradução da Estácio.
 
Segundo a professora Meritxell, traduzir não é somente traduzir palavras. É muito mais do que isso. O profissional de tradução sempre deve se questionar: quais são o objetivo e o público do texto original, bem como qual é o público-alvo da tradução, para que, assim, o texto possa ser adequado ao contexto e à cultura desse público.
 
O requisito básico para ser tradutor, de acordo com a professora Meritxell, é o domínio de duas línguas de trabalho: a língua estrangeira que ele traduz e a língua para a qual ele traduz, que normalmente é a sua língua materna, que deve ser estudada minuciosamente, tendo em vista que o leitor vai ter contato com o texto traduzido, e não com o original.
 
Para além disso, o tradutor tem que ter mais conhecimentos específicos, como, por exemplo, de gênero textual, conhecimentos culturais, domínio da escrita e da gramática, de estilística e também das ferramentas, programas e softwares da área de tradução. Sem contar que aqueles tradutores que trabalham em áreas específicas devem dominar as terminologias, os gêneros textuais e elementos afins utilizados naquela área.
 
“A formação em Tradução é essencial. Como eu já falei, não se trata somente de conhecer duas línguas; é muito mais que isso.  E fazer um curso de Tradução, uma pós-graduação em Tradução, é muito importante para poder aprender todas essas questões, as maneiras de traduzir, o que pode e o que não pode ser feito; para conhecer as diferentes áreas em Tradução”, comenta a professora Meritxell.
 
Um especialista em Tradução poderá atuar como: intérprete, que é o responsável por realizar traduções simultâneas em eventos; ou tradutor, responsável por realizar traduções escritas. 
 
Nesse contexto, o tradutor pode atuar em diversas modalidades de tradução, entre elas:
 
Tradução literária: diz respeito à tradução de obras literárias, como romances, poemas, contos, peças de teatro, entre outras. Nesse tipo de tradução, além do conhecimento dos idiomas, são necessários conhecimentos socioculturais e, em alguns casos, sensibilidade artística. 
 
Tradução multimídia: também muito conhecida como Tradução Audiovisual (TAV), essa modalidade refere-se à tradução de materiais de áudio, imagem ou texto. Nessa modalidade, são comuns a legendagem (aquela que transforma falas em texto), a transcrição e a tradução para dublagem.
 
Tradução técnica: é aquela que corresponde à tradução de materiais específicos de alguma área do conhecimento, como bulas de medicamentos e manuais de máquinas e aparelhos. Para essa modalidade, o tradutor necessita dominar os idiomas e, também, o conhecimento técnico da área específica. 
 
Tradução juramentada: diz respeito às traduções de documentos oficiais, que são realizadas por um tradutor público oficial.
conteúdo online grátis tradução

Mercado de trabalho de Tradução

Assim, as possibilidades para a tradução são inúmeras, e o mercado de trabalho é bastante promissor, principalmente por conta da crescente necessidade de comunicação entre diferentes idiomas e linguagens. 
 
Os tradutores profissionais podem exercer funções como:
 
 • tradução de livros, artigos, notícias, matérias, entre outros;
 • legendagem durante o processo de dublagem de filmes, séries, programas de rádio, TV e internet; 
 • atuar em empresas como tradutores de documentos;
 • realizar traduções de documentos oficiais no setor público, como um tradutor público oficial.
 

Desafios na área de Tradução

Cada modalidade de tradução, bem como cada especialidade na área, carrega suas especificidades próprias e, com isso, apresenta problemáticas e desafios diferenciados.
 
Porém, existem alguns desafios que são enfrentados pela maioria dos tradutores no dia a dia de trabalho. Alguns dos desafios mais comuns da Tradução:
 

Espaço e tempo na Tradução Audiovisual

“Sobre a Tradução Audiovisual, um dos principais desafios, especialmente na legendagem, é a questão do espaço e do tempo, porque o tradutor tem que colocar em, no máximo, 2 linhas de 40 e poucos caracteres tudo aquilo que o personagem está dizendo. [...] Então, o legendador tem de ter uma capacidade de síntese muito grande; tem de saber detectar quais são as ideias principais, saber condensar aquilo que é falado na tela e reproduzir isso em 2 linhas de texto, sem deixar nada de importante de fora”, comenta a professora Meritxell.
 
“Na dublagem, por exemplo, na tradução para dublagem, é importante fazer encaixar o texto na boca do personagem, no tempo que ele está falando, e isso também é um desafio. E as questões culturais, quando o personagem faz uma piada, e essa piada tem de ser reproduzida para outra cultura, o humor é uma das coisas mais difíceis para traduzir”, aponta a professora Meritxell.
 

Cada texto é único

“Eu diria que um dos maiores desafios da tradução é que você está fazendo uma coisa nova, ou seja, cada texto é novo. Mesmo que você tenha domínio da área que você está traduzindo, toda vez é uma coisa nova. [...] Então, isso é muito desafiador, porque cada vez você enfrenta uma coisa diferente e tem que tomar decisões. Você tem que analisar o texto que tem de traduzir, e essas decisões às vezes são difíceis de tomar sozinho”, aponta a professora Meritxell.
 
 

Reproduzindo o estilo do autor na Tradução Literária

Segundo a professora, na tradução literária, um dos maiores desafios é reproduzir o estilo do autor. Então, identificar, entender e tentar reproduzir o estilo do autor em outra língua, que tem estruturas diferentes, maneiras de dizer diferentes.
 

Por que fazer uma pós em Tradução?

As pós-graduações lato sensu, justamente por serem voltadas para a atualização profissional, possibilitam uma maior preparação e qualificação para o mercado de trabalho. 
 
Entre as maiores vantagens de realizar um curso de pós EAD em Tradução, estão:
 
• maior flexibilidade de horários;
• contato com outros profissionais da área;
• qualificação profissional;
• atualização e ampliação do conhecimento técnico-científico;
• certificado credenciado pelo e-Mec;
• diferenciação no mercado de trabalho.
 
Onde fazer uma pós-graduação em Tradução? A Pós-graduação Estácio oferece diversos cursos na área de tradução, como: Pós EAD em Tradução Audiovisual de InglêsPós EAD em Tradução Audiovisual de Espanhol, Pós EAD em Tradução de Inglês, Pós EAD em Tradução de Espanhol, entre outros. 
 
Para consultar estes e outros cursos de Pós em Tradução da Estácio, acesse nosso site oficial. 
 

0800 378 2246

Outros Links



Copyright © Pós Graduação Estácio 2020